Sou Portista

 

O FC Porto nasceu em setembro de 1893 e, desde então, não parou de crescer. Na génese está a prática do futebol – nesta cronologia, recordamos os maiores momentos da modalidade.

O seu primeiro campo, o Campo da Rua da Rainha, foi o primeiro campo relvado em Portugal. O fc porto foi pioneiro também na internacionalização: foi a primeira equipa portuguesa a receber um clube estrangeiro, o Real Fortuna de Vigo, em 1907 e a primeira equipa a deslocar-se ao estrangeiro, a Vigo, em 1908.

Com a mudança para o Campo da Constituição em 1912 correspondeu a uma significativa melhoria das instalações. Simultaneamente nesse mesmo ano o FC Porto vence o seu primeiro título oficial do palmarés portista a “Taça José Monteiro da Costa”, o Campeonato do Norte de Portugal, de futebol, criado em homenagem ao refundador do FC Porto. E a primeira prova de âmbito nacional na história do futebol português: o Campeonato de Portugal de 1922, prova antecessora da Taça de Portugal.

Nos anos trinta o FC Porto conhecia uma dimensão tal que o Campo da Constituição já parecia pequeno demais, começaram então os planos para a construção de um novo estádio, e em 1949 é lançada a 1ª pedra do novo Estádio das Antas na cidade do porto. No dia 28 de Maio de 1952, perante 50 mil pessoas, o estádio foi inaugurado numa cerimónia pomposa que contou com a presença do General Craveiro Lopes, então presidente de Portugal. Urgel Horta presidia ao FC Porto na altura. Após a cerimónia foi realizado um jogo inaugural efectuado perante os rivais S.L. Benfica. A partida terminou com a vitória do S.L. Benfica, por 2-8.. Esta seria a casa do dragão por muitos e muitos anos. Limpa Chaminés Vila Nova de Gaia